O melhor do mundo POP, GEEK e NERD você encontra aqui!
Shadow

Funcionários da DISNEY protestam após aprovação de projeto homofóbico

disney funcionarios demitem capa

A Disney continua enfrentando a demissão e protestos de vários funcionários da Disney em Burbank e em outros lugares. Os protestos foram organizados por ativistas LGBTQ+ por causa de um projeto de lei controverso na legislatura da Flórida que poderia afetar os funcionários da Disney World.

As manifestações fizeram com que a própria Disney respondesse publicamente os movimentos, uma coisa muito rara.

Quase todos os protestos ocorreram no Disney’s Burbank Studio, onde entre 100 e 200 pessoas marcharam em protesto. Os relatórios iniciais colocaram o grupo em apenas 75 manifestantes, mas fotos e vídeos mostraram que a multidão era muito maior. Você pode ver um vídeo da paralisação de Burbank abaixo.

Toda essa manifestação é resultado tem um motivo: A aprovação do projeto de lei “Direitos dos Pais na Educação” da Flórida (HB 1557), que proibia os professores de apresentar aulas com temas sexuais para alunos do jardim de infância até a terceira série. O projeto foi considerado extremamente homofóbico pelos militantes.

Isso inclui lições sobre orientação sexual ou identidade de gênero, com as quais os ativistas discordam. Eles alegam que isso poderia causar uma proibição completa de palavrões específicos na sala de aula, o que os levou a apelidar o HB 1557 de Bill “Não diga gay”. 

Eles também temiam que o projeto pudesse desencadear uma reação contra estudantes gays e transgêneros.

Outros funcionários da Disney aproveitaram para pedir aumento

disney greve demissao funcionarios 1

Os protestos acabaram sendo utilizados também para pedir aumento de salário, o que mobilizou muito mais pessoas além do esperado.

O negócio foi tão significativo que até na sede da Lucasfilm em São Francisco, cerca de duas dúzias de funcionários saíram em protesto.

Mais notícias em breve!

3 Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.