Este traço de personalidade revela se você tem imunidade forte

Por Bruno Destéfano
Foto: Pexels

Cada um tem sua própria personalidade e não há nada de errado nisso. Algumas pessoas conversam até mesmo com a parede e são vistas como “expansivas”, ou seja, preferem manter contato constante com os outros.

Já os introvertidos são mais quietos e preferem descansar em casa ou lugares mais tranquilos para passar o tempo nos finais de semana. Ambos costumam procurar empregos que mais se encaixam os seus propósitos.

Por exemplo, não há nada melhor para alguns extrovertidos do que cargos relacionados à comunicação. Já os mais tímidos podem desenvolver uma paixão por empregos que exigem visão analítica em relatórios.

Cada caso é um caso. Mas um estudo científico publicado em 2015 mostra que ambas as personalidades também têm diferenças no contexto genético. Como assim? Em nossa matéria, vamos discorrer mais sobre a pesquisa que foi realizada com 121 pessoas por meio de testes genéticos e exames gerais.

Não se esqueça de compartilhar o conteúdo com mais pessoas para que elas tenham conhecimento a respeito do estudo, bem como a relação entre personalidade e sistema imunológico.

Ah, e continue conosco. O Missão Geek sempre posta artigos sobre conhecimentos gerais, curiosidades, estudos científicos e descobertas recentes da humanidade. Acompanhe os conteúdos e amplie os seus horizontes.

Estudo mostra relação entre personalidade e sistema imunológico

De acordo com estudo publicado Psychoneuroendocrinology, a diferença entre personalidades não é apenas em contextos subjetivos. Os pesquisadores evidenciaram a relação entre até mesmo a saúde. Como assim?

Durante estudo a partir de testes clínicos e genéticos, foi identificada a tendência de os extrovertidos estarem mais expostos a infecções. Pessoas com esta personalidade, assim sendo, podem desenvolver respostas do sistema imunológico com mais facilidade, estendendo a proteção contra doenças infecciosas.

Isso porque os extrovertidos conversam mais e interagem com outras pessoas, o que deixam eles suscetíveis a contato direto com microrganismos.

“Foi recrutada uma amostra de oportunidade de 121 indivíduos saudáveis ​​(86 mulheres; idade média de 24 anos). Os indivíduos completaram uma medida validada de personalidade; questões relacionadas com comportamentos de saúde atuais; e forneceu uma amostra de 5ml de sangue periférico para análise de expressão gênica”, informam os pesquisadores do estudo publicado em 2015.

Em contrapartida, os introvertidos tendem a possuir uma resposta imunológica inferior aos extrovertidos justamente por não interagirem tanto com as pessoas. Pelo menos não da mesma maneira que os extrovertidos.

Além disso, pessoas introvertidas podem ter uma resposta inflamatória mais baixa de maneira geral, conforme resultados dispostos no estudo.