O melhor do mundo POP, GEEK e NERD você encontra aqui!
Shadow

Kang o Conquistador | Confira a Origem Secreta do personagem

kang o conquistador origem capa

Por muitas décadas, o vilão Kang, o Conquistador deu muito trabalho para os Vingadores! O vilão se tornou uma das maiores ameaças ao Universo Marvel assumindo muitas identidades, e uma de suas personalidades menos conhecidas foi responsável pela criação do primeiro herói da Marvel!

Em Vingadores Anual #21 de 1992, os leitores puderam descobrir em uma história incrível que o Doutor Phineas Horton, que criou o original, o andróide Tocha Humana, o primeiro herói da Marvel, estudou com o industrial Victor Timely – que na verdade era o vilão Kang disfarçado!

A origem de Kang, o Conquistador

Kang veio do século 40. Nascido Nathaniel Richards, ele usou dezenas de identidades falsas e disfarces desde a sua primeira aparição em Vingadores #8 de 1964, escrito por Stan Lee e Jack Kirby.

Rama-Tut, Immortus, o Centurião Escarlate e o Rapaz de Ferro estão entre os muitos disfarces que Kang usou durante seus planos e reinados de terros através do espaço tempo.

Em uma história curiosa, na verdade uma das mais importantes na história do vilão, em 1992, ‘Cidadão Kang’ nos revelou muita coisa.

kang o conquistador origem 2

Podemos ver ver nessa história a longa vida de Kang, incluindo uma olhada em alguns de seus pseudônimos menos conhecidos. Um deles, Victor Timely, embora não seja mencionado da mesma forma que os outros, na verdade desempenhou um papel fundamental na história da Marvel, ajudando a inspirar o primeiro herói da Marvel – e todos aqueles que o seguiram.

A história, intitulada “The Puzzle”, foi escrita por Peter Sanderson, ilustrada por Rich Yanizeski, desenhada por Fred Fredericks, colorida por Scott Marshall e escrita por Dave Sharpe.

Nessa HQ, Kang viajou de volta à década de 1920, usando como disfarce o industrial Victor Timely – uma referência para Timely Comics, o nome original da Marvel.

Phineas Horton, um cientista brilhante por direito próprio, vem estudar com Timely, que concorda em fazê-lo, sabendo o que Horton um dia criará. Uma década depois, Horton criaria o androide Tocha Humana, dando início à Era Heroica da Terra.

kang o conquistador origem 3

Depois, na década de 1980, Kang retornou, como Victor Timely III, reorientando a empresa como uma empresa de computadores e robótica. A tecnologia da empresa é usada por Reed Richards, Misty Knight e Deathlok. E os leitores descobrem que tudo isso fazia parte do plano de Kang de conquistar a Terra no século 20.

A Era Heroica da Terra – onde se inicia o Universo Marvel – sempre foi uma das obsessões de Kang, e a revelação aqui de que ele é indiretamente responsável pela criação dessa era, por isso adiciona camadas ao seu personagem e cria vários disfarces e artimanhas.

kang o conquistador origem 1

O professor Phineas Horton já estava em ascensão quando encontrou com Victor Timely. Na HQ podemos ver que o Tocha Humana sempre foi exclusivamente uma inovação de Horton, mas o vilão Kang tem uma mão nissotambém. Kang orientou Horton, dando-lhe foco – o que levou ao Tocha Humana e à Era Heroica da Terra, que por sua vez inspiraria Kang muitos anos depois. Um paradoxo gigantesco, sem dúvida alguma.

Esses eventos cíclicos, fazem parte da história da do viajante do tempo conhecido como Kang. A revelação de que Kang também é responsável pela revolução dos computadores vai diretamente de encontro a esses eventos. Na HQ, é especulado que tudo isso é algum tipo de plano a longo prazo sendo realizado por Kang, uma tentativa de escravizar as pessoas da Terra. 

Kang na série LOKI

Executar planos que levam décadas para serem concluídos não é um problema para alguém com a tecnologia de viagem no tempo de Kang .

Para finalizar, Kang, o Conquistador, foi responsável por incontáveis ​​mortes e muita destruição ao longo dos anos. Por ironia, ele também é indiretamente responsável pelos heróis que o derrotam diversas vezes. O efeito que suas ações tiveram no Universo Marvel provam que Kang continua sendo um dos vilões mais complexos dos quadrinhos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.